Livro: O código Da Vinci - Dan Brown


Título: O código Da Vinci
Título Original: The Da Vinci Code
Autor: Dan Brown
Páginas: 423
Ano: 2004
Editora: Sextante

Sinopse:

Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière consegue deixar uma mensagem cifrada na cena do crime que apenas sua neta, a criptógrafa francesa Sophie Neveu, e Robert Langdon, um famoso simbologista de Harvard, podem desvendar. Os dois transformam-se em suspeitos e em detetives enquanto percorrem as ruas de Paris e de Londres tentando decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando com perfeição os ingredientes de uma envolvente história de suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade. "O Código da Vinci" prende o leitor da primeira à última página.


O que achei:

Li esse livro logo que foi lançado e depois li o Anjos e Demônios.
Dan Brown tem um jeito único de escrever, com muita ação, suspense, e principalmente mistério. Ele nos revela coisas incríveis, que seus livros deveriam se tornar um leitura obrigatória. O Código Da Vinci, como seus outros livros, é fantástico e surpreendente, te prende da primeira à ultima página, e não te deixa desgrudar os olhos do livro enquanto não chegar a ultima palavra. E enredo é magnífico, e descobrimos tantas coisas, que nem conseguirei dizer aqui. A leitura por ser em terceira pessoa, nos permite conhecer igualmente todos os personagens, e não apenas o ponto de vista de um só. É claro que Langdon, nosso famoso professor de Harvard não poderia ficar de fora com seu amplo conhecimento simbológico e histórico, ele nos esclarece muitas coisas no decorrer do livro, o que acaba ficando fácil de interpretar. Ao contrário do que a maioria das pessoas dizem, não achei "O Código Da Vinci" difícil de entender, não. Pelo menos não mais do que qualquer outro livro do autor. Adorei a leitura, e super recomendo a todos.

Beijos e até mais...

Me sigam nas redes sociais:

Instagram: @kemynha
Facebook: Kemy Love Makeup
Twitter: @kemynha_ok
Kemy Love Makeup © Copyright 2012. Tecnologia do Blogger.